Você sabe como calcular as férias dos seus funcionários? E o décimo terceiro salário de cada um? Não, pois bem. primeiro passo para que você consiga desenvolver os cálculos é ter paciência e algumas anotações sobre o INSS e o Imposto de Renda. 

Inicialmente os cálculos parecem difíceis, mas na verdade não são. É apenas questão de prática. Para ajudá-lo, desenvolvemos este artigo. Com ele, você saberá o essencial sobre esse assunto para iniciar suas atividades. Confira! 

Afinal, o que é o Décimo Terceiro salário? 

No Brasil, o décimo terceiro salário é conhecido como a gratificação de Natal. A sua determinação entrou em vigor por meio da Lei 4.090/62. O seu principal objetivo é garantir que os trabalhadores do país tenham acesso ao recebimento de 1/12 por mês trabalhado. Sendo assim, paga-se um salário extra para o trabalhador ao término de cada ano.

Todos os trabalhadores têm acesso a esse direito? Não. Pois, o pagamento do décimo terceiro salário é feito apenas quando existe uma relação trabalhista, logo, um vínculo empregatício.

 A partir disso, se você trabalhou com carteira assinada por, pelo menos, 15 dias, já obteve o direito de receber o seu décimo terceiro salário proporcional ao tempo trabalhado. Lembre-se de que o pagamento também se aplica aos beneficiários do INSS.

De que modo devo calculálo? 

Ainda hoje, existem muitos trabalhadores com dúvidas sobre o cálculo do décimo terceiro salário. Se você é uma dessas pessoas, não se preocupe. Para ajudar você, elaboramos um exemplo prático. 

Matheus é analista financeiro e recebe R$2.500,00 por mês em seu trabalho. Ele está vinculado à empresa desde o primeiro dia do ano. Logo, tem o direto de receber o seu décimo terceiro salário. Então, fazemos o seguinte cálculo: 

R$2.500/12 meses= R$208,333… 

O valor desse resultado corresponde ao décimo terceiro proporcional. Por isso, devemos multiplicá-lo pelos meses trabalhados.

R$208,33 X 12meses= R$2.500 – (deduções de INSS e IR)  

Conforme as tabelas do INSS e do Imposto de Renda 2017, o valor incidente no décimo terceiro de Matheus será de 9% de INSS e 7,5% de IR. 

  • Deduções do INSS= R$2.500 X 0,09 = R$225,00 
  • Deduções do INSS= R$2.500 – R$225,00 = R$2.275 
  • Deduções do IR = R$2.275 X 7,5% = R$170,62 
  • Deduções do IR com base em sua alíquota= R$170,62 – R$142,80 = R$27,82 

Pronto, agora temos o décimo terceiro salário que corresponde R$2.500 – R$225 (INSS) – R$27,82 (IR) = R$2.247,13 

Como calcular as férias dos meus funcionários? 

De acordo com a CLT, quem trabalha de carteira assinada tem direito a gozar de 30 dias de férias depois de completar 1 ano de trabalho na mesma empresa. Para calcular as férias é necessário acompanhar algumas regras. Entre elas, destacam-se: 

  • tabela do INSS; 

  • tabela do Imposto de Renda. 

Para iniciar o cálculo, a base é sempre o salário do funcionário acrescido de 1/3 sobre o valor que ele tem direto a receber. Neste exemplo, vamos utilizar um colaborador que recebe um salário de R$2.000,00 por mês e que ficará 30 dias de férias. Os cálculos necessários são: 

  • Salário base = R$2.000 + R$666,66 = R$2.666,66 

O valor do resultado corresponde a férias brutas. Contudo, deve-se aplicar as deduções de INSS e IR, conforme feito no cálculo do décimo terceiro salário. Assim, ambas correspondem a 9% e 7,5% de acordo com suas respectivas tabelas. 

  • Deduções do INSS= R$2.666,66 x 0,09 = R$239,99 
  • Deduções do INSS= R$2.666,66 – R$239,99 = R$2.426,67 
  • Deduções do IR= R$2.426,67 x 7,5%= R$182,00 
  • Deduções do IR com base em sua alíquota= R$182,00 – 142,80 = R$39,20 

Por fim, o valor líquido obtido de férias corresponde a R$2.666,66 – 239,99 (INSS) – 39,20 (IR) = R$2.387,47. 

Neste post, descobrimos a importância de como calcular as férias e também o décimo terceiro salário, visto que um equívoco nesses cálculos pode trazer complicações ao seu planejamento contábil.

Gostou do conteúdo? Deseja saber conhecer outros assuntos importantes? Que tal saber como fazer o cálculo da folha de pagamento! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *