Os escritórios contábeis lidam com um grande número de responsabilidades fiscais, tributárias e contábeis, tanto próprias quanto dos clientes atendidos. Por isso, é fundamental que seja desenvolvido um planejamento estratégico contábil que mapeie as responsabilidades para o ano seguinte.

Para que o planejamento seja eficiente, é necessário levar em consideração alguns fatores importantes, como definição de metas e objetivos, organização dos documentos contábeis e escolha das métricas que serão acompanhadas ao longo do ano, visando maior eficiência e melhores resultados.

Neste post explicamos a importância do planejamento estratégico contábil para 2019 e falamos dos principais fatores a serem considerados em sua elaboração. Confira!

O que é o planejamento estratégico contábil?

O papel do planejamento estratégico contábil é traçar as metas e objetivos que o escritório deseja alcançar durante o ano, especificando as ações de acordo com seus prazos (ações de curto, médio e longo prazo), visando definir quais são as metas, objetivos, métricas e resultados esperados, para que sejam acompanhados ao longo do desenvolvimento do trabalho.

Por isso, traçar o planejamento é fundamental para o desenvolvimento saudável das ações ao longo do ano, sua mensuração e avaliação e também para adequações e ajustes no ano seguinte.

Quais os seus fatores mais importantes?

Explicamos agora alguns dos fatores mais importantes para o desenvolvimento do planejamento estratégico contábil para o ano de 2019. Veja quais são eles.

Definição de metas e objetivos

Para estruturar o planejamento estratégico de forma eficiente, é importante primeiramente definir quais são as metas e objetivos a serem buscados durante o ano, visando determinar também quais os processos necessários para que eles sejam atingidos.

Escolhas das métricas de acompanhamento

De nada adianta desenvolver o planejamento estratégico sem métricas para acompanhar o desempenho do escritório e compreender se os processos estão sendo realizados de forma correta, se é necessário realizar ajustes e também para compreender quais ações estão apresentando os melhores resultados.

Organização de documentos contábeis

Lidar com toda a documentação necessária para a escrituração contábil não é tarefa fácil e, por isso, o planejamento deve considerar o processo de organização desses documentos, definindo métodos para sua realização.

Compreensão da influência do novo cenário político

Vale destacar também que, no planejamento de 2019, é necessário considerar as mudanças e influências do novo cenário político, que podem resultar em mudanças para o setor contábil no Brasil.

Realização de pesquisas de mercado

Também é importante compreender quais são as perspectivas do mercado para o setor contábil em 2019 e também quais serão as necessidades dos clientes ao longo do ano por meio de pesquisas de mercado.

Que impactos causa na estratégia dos escritórios?

Vale destacar que, para que o planejamento estratégico contábil seja eficiente e traga resultados, é necessário que ele faça sentido dentro da cultura organizacional do escritório. Para isso, é recomendado que os escritórios levem a cultura do planejamento prévio para as ações do dia a dia, permitindo maior organização e previsibilidade das entregas, processos e responsabilidades.

Como é possível concluir, o planejamento estratégico contábil é uma ferramenta de grande importância na rotina dos escritórios contábeis. Além de permitir que o escritório atue de forma mais organizada e eficiente, ele também reduz custos com retrabalho e também a quantidade de demandas urgentes.

Para se preparar para o novo ano contábil, conheça também algumas dicas para realizar um planejamento tributário de forma eficiente!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *